Bem Vindo ao Laboratório.
 
 
 
Cliente - Perguntas freqüentes

Perguntas freqüentes:

1) “Os remédios que estou tomando interferem nos resultados dos exames que vou fazer?”

R: Alguns medicamentos realmente interferem nos resultados de alguns exames, como é o caso, por ex., dos antibióticos, que podem alterar os exames microbiológicos (culturas); da aspirina, que interfere no coagulograma, a novalgina e a vitamina C, que interfere na dosagem da creatinina, etc., etc.. Procure, portanto, quando for ao Laboratório, informar à recepcionista os medicamentos que esteja fazendo uso.

2) “Vou precisar ficar no Laboratório por algum tempo para colher Curva Glicêmica. Durante esse período é permitido fumar?”

R: Durante a coleta dos exames, não é permitido fumar. Aliás, o cigarro deve ser evitado sempre, não é mesmo?

3) “Estou menstruada. Posso colher exames nessa situação?”

R: O período menstrual pode interferir na realização do exame de urina. O período do ciclo deve ser sempre informado para que seu médico possa avaliar os resultados dos exames hormonais que porventura você coletar.

4) “Costumo fazer exercícios físicos toda manhã, ao levantar. Isso pode interferir na coleta dos exames?”

R: O esforço físico interfere nas dosagens de glicose e do coagulograma, entre outros exames. Portanto, no dia da coleta dos exames, se possível altere o horário dos exercícios.

5) “Uma cervejinha ingerida na noite anterior à coleta dos exames pode provocar alteração nos resultados?”

R: Não só a “cervejinha”, mas, também, uma dose de uísque ou um copo de vinho podem elevar os níveis de triglicérides. Dê um tempo para a comemoração!

6) “Gostaria de informações a respeito da alimentação que devo seguir para a coleta de exames laboratoriais”.

R: Quando o Laboratório informa que a dieta a ser seguida é a dieta habitual, significa dizer que o cliente deve alimentar-se como de costume, no seu dia a dia. Significa não mudar a alimentação.

Se adotar uma dieta rígida, na véspera da coleta de sangue para a dosagem de Triglicérides, por ex., o seu resultado poderá ser falsamente baixo; já, ao contrário, se você, na véspera, comer uma bela e suculenta feijoada ou um leitãozinho a pururuca, apresentará, com certeza, resultados falsamente elevados. Consulte o Laboratório para saber o tempo de jejum necessário para a coleta dos exames (varia conforme o exame).

7) “Eu vou precisar fazer exame de Triglicérides e Colesterol e frações. Qual orientação devo seguir?”

R: É conveniente que o cliente mantenha a dieta habitual (não mudar a alimentação!) nas duas últimas semanas antes da coleta do sangue. Não deve ingerir bebida alcoólica pelo menos nos 3 dias que antecedem à coleta. Deve-se manter jejum de, no mínimo, 12 horas e, no máximo, de 14 horas. Nesse intervalo pode-se beber água normalmente.

8) “Se eu tomar água antes da coleta dos exames, meus resultados serão alterados?”.

R: Não, a água não quebra o jejum. Convém, no entanto, toma-la com moderação, pois seu excesso pode interferir nos exames de urina.

9) “Todos os exames de sangue necessitam de jejum prévio?”.

R: Não, de maneira alguma. Alguns exames que necessitam, obrigatoriamente, de jejum são a glicemia, os triglicérides, o ferro sérico, a creatinina, etc.. Já o hemograma, a tipagem sanguínea, o colesterol, por ex., não requerem jejum prévio. O Laboratório informará a você.

10) “É obrigatório coletar o sangue no período da manhã?”.

R: Não, não é obrigatório. O fato do exame a ser coletado necessitar de jejum prévio não obriga a coleta ser realizado no período da manhã. Existem, sim, alguns exames que devem ser colhidos obrigatoriamente pela manhã, pois é nesse período do dia que a concentração deles é maior no organismo (é o que chamamos de “ritmo circadiano”): é o caso do cortisol basal, do ferro sérico, do ACTH, etc..

11) “A última vez que colhi exames em Laboratório, o local de onde tiraram o sangue ficou roxo. Isso é normal?”.

R: Essa ocorrência nós chamamos de “hematoma”: é o extravasamento do sangue para fora da veia. Ele pode ocorrer:

- em veias finas e delicadas, com muita pressão;

- por falta de uma boa compressão no local da punção;

- em pacientes utilizando algum medicamento, como, por ex., a aspirina.

12) “Para realizar o exame Parasitológico de fezes é necessário jejum? Posso colher as fezes em casa e levar ao Laboratório? Como devo conservar as fezes?”.

R: O exame Parasitológico de fezes não exige jejum prévio. O material (fezes) pode ser coletado em casa e deve ser guardado em geladeira (não no congelador!) e encaminhado ao Laboratório logo que possível. As nossas recepcionistas fornecem todas as informações necessárias e, também, o frasco apropriado para a coleta.

13) “Meu médico solicitou um exame de Urina Tipo I. Devo colher a urina em casa?”.

R: De preferência, se não houver uma solicitação específica do seu médico para que seja feito dessa forma, aconselhamos que se colete a urina no Laboratório, após um intervalo de, pelo menos, 2-3 horas de intervalo entre uma micção e outra, mediante prévia assepsia, orientada pelas nossas atendentes. Não é obrigatória, normalmente, a coleta da primeira urina da manhã (o seu médico poderá orientá-la, caso julgue necessário).

 


Exame Análises Clínicas - Fone/Fax: (0xx18) 3221-7449
Presidente Prudente - SP